O concelho de Pinhel deixa de estar abrangido pelo Estado de emergência, mas entraram sete novos concelhos do distrito para esta lista de risco

Dos 14 concelhos do distrito da Guarda apenas estão quatro ficam de fora das medidas abrangidas pelo estado de emergência, para além de Pinhel, Sabugal, Aguiar da Beira e Gouveia, mantêm-se livres de restrições.

A Guarda, Fornos de Algodres e Trancoso permanecem na lista dos concelhos abrangidos pelas medidas restritivas, aos quais se juntam Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Manteigas, Meda, Seia e Vila Nova de Foz Côa.

Por isso, continuam a estar sujeitos ao recolher obrigatório, por exemplo. Passa a vigorar a “proibição de circulação – nos concelhos determinados com risco elevado – em espaços e vias públicas diariamente entre as 23h00 e as 5h00, bem como aos sábados e domingos entre as 13h00 e as 5h00, excepto para efeitos de deslocações urgentes e inadiáveis nos termos previstos pelo presente decreto”.

São excepções as deslocações de e para o trabalho, apoio a pessoas dependentes, passeios higiénicos, idas aos supermercados e outras lojas de retalho alimentar, idas a farmácias e a locais de prestação de cuidados de saúde.