Na última semana foram registados 646 casos de COVID-19 na área de abrangência da ULSG, só no concelho da Guarda foram 200 os novos casos positivos

Na última semana a Unidade de Saúde Pública identificou mais 646 casos de Covid-19 na área de abrangência da ULS da Guarda, o que dá agora um total de 2292 casos em valores acumulados. Dez dos novos casos são em profissionais de saúde.

No mesmo período houve também mais 234 recuperações, sendo que grande parte foi no concelho da Guarda.

O relatório dá ainda conta de mais 6 óbitos, três no concelho da Guarda e os restantes em Manteigas, Seia e Trancoso.

O número de internados é agora de 53, mais 6 do que no relatório anterior mas a Rádio F sabe que no passado Sábado terão entrado mais 6 pessoas. Há ainda 400 doentes que recuperam no domicílio.

Durante a semana passada os maiores aumentos de casos activos registaram-se nos concelhos de Celorico da Beira (mais 85), Figueira de Castelo Rodrigo (mais 69) e Seia (mais 120). A Guarda continua a ser o concelho com mais casos activos, num total de 519, uma vez que só na última semana foram registados mais 200 casos positivos. Em valores acumulados, desde o início da pandemia, no concelho da Guarda, 994 pessoas testaram positivo à Covid-19.

Nos restantes concelhos a situação em Fornos de Algodres não teve alterações, mantendo-se os 22 casos activos da semana passada e, em Pinhel há menos 21 pessoas infectadas, estando ainda infectadas 45. De destacar ainda os 123 casos activos em Trancoso, 181 em Seia, 86 em Figueira de Castelo Rodrigo, 92 em Celorico da Beira e 72 em Manteigas.

Estes valores foram actualizados até às 19H30 da passada Sexta feira e posteriormente divulgados aos municípios da área de abrangência da ULS da Guarda.