Continuar..

A Câmara da Guarda aprovou um apoio financeiro de 1500 euros a associações integradas nas praias fluviais do concelho

O assunto gerou alguma controvérsia na reunião do executivo, uma vez que na ordem de trabalhos apenas estavam contempladas as praias de Aldeia Viçosa e Piscina do Caldeirão. No final da reunião, o presidente do Município, Carlos Chaves Monteiro esclareceu que Valhelhas também vai receber um valor de 1500 euros, apesar de não estar contemplada […]

Continuar..

Os vereadores do PS na Câmara da Guarda voltaram a defender a criação de uma biblioteca infantil no quiosque que está na Avenida de S. Miguel

Na reunião do executivo desta semana, um dos pontos da ordem trabalhos, foi a abertura de hasta pública para a exploração de três quiosques na cidade e a vereadora do partido socialista, Ana Cristina Correia reforçou a ideia de criar uma biblioteca infantil no quiosque da Avenida de S. Miguel na Guarda Gare, justificando ainda […]

Continuar..

Os vereadores do PS na Câmara da Guarda não comentam, para já, a escolha de Luís Couto como candidato pelo Partido Socialista às próximas autárquicas

Os dois vereadores do PS na Câmara da Guarda não comentaram a escolha de Luís Couto para ser o candidato pelo partido socialista nas próximas autárquicas. A vereadora, Ana Cristina Correia diz que para já não faz qualquer tipo de comentário à já anunciada candidatura de Luís Couto.

Continuar..

Ana Mendes Godinho pelo PS e Jorge Barreto Xavier pelo PSD, devem ser as apostas destes dois partidos como candidatos à Assembleia Municipal da Guarda

Do lado dos Socialistas o nome da atual Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social é o mais desejado para encabeçar a lista e tudo indica, que já terá aceitado o desafio e deverá será apresentada na mesma altura em que Luís Couto der acontecer os restantes elementos que levará como candidatos a vereadores. Já […]

Continuar..

Álvaro Amaro apela aos autarcas e à sociedade para que se foquem na ferrovia, o ex-autarca, defende que este é projeto mais importante das próximas décadas para a Guarda e para a região

O ex-presidente da Câmara da Guarda, que esteve na cidade na semana passada, deixou um apelo aos autarcas e à população. Álvaro Amaro reafirmou que a ferrovia é o projecto mais importante das próximas décadas e que a Guarda não deve perder esta oportunidade de se afirmar, uma vez que tem de assumir a centralidade […]

Continuar..

Luís Couto é agora candidato oficial pelo PS à autarquia da cidade mais alta e pretende uma Guarda com futuro e muito diferente da actual

O candidato pelo PS à Câmara da capital do distrito nas próximas autárquicas, em declarações à Rádio F, sempre vai dizendo que irá falar no dia da apresentação oficial, mas já deixou claro que o caminho é para o sucesso da Guarda e uma Guarda com futuro. A Guarda é mesmo a principal razão que […]

Continuar..

A Câmara da Guarda abriu um concurso público para a requalificação de arruamentos e caminhos em freguesias rurais

O investimento é de pouco mais de 703 mil euros e o presidente do Município, Carlos Chaves Monteiro justificou que estas vias, por vários motivos, ficaram degradadas e em más condições e há a necessidade de as recuperar. Carlos Chaves Monteiro acrescentou que não poderia recusar a este pedido de algumas freguesias, uma vez que […]

Continuar..

O ex-presidente da Câmara da Guarda, Álvaro Amaro, não aceita que a cidade tenha ficado de fora da cerimónia da inauguração do troço da Linha da Beira Baixa

Recorde-se que o Ministro das Infraestruturas viajou na terça feira de comboio, entre a Guarda e a Covilhã, mas as cerimónias decorreram na cidade da Beira Baixa. Álvaro Amaro considera que devia ter havido uma explicação sobre o projecto também na estação da Guarda e até foi mais longe ao afirmar que nunca permitiria uma […]

Continuar..

Os vereadores do PS na Câmara da Guarda, entendem, que as reuniões do executivo que acontecem quinzenalmente devem voltar a ser presenciais

Recorde-se que nos últimos meses o executivo da câmara da Guarda tem reunindo através de videoconferência, sem que não haja acesso ao público ou mesmo da comunicação social. Agora a vereadora Cristina Correia entende que é altura das reuniões acontecerem presencialmente. A socialista solicitou também período da antes da ordem do dia, que as atas […]