Continuar..

Os trabalhadores da recepção da Unidade Hoteleira da Inatel, em Manteigas, cumpriram ontem um dia de greve

Em causa está a alteração de forma unilateral dos horários dos profissionais da recepção do hotel que, de acordo com o Sindicato, foi de um dia para o outro, sem aviso prévio. Afonso Figueiredo, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Centro, sustenta que o Inatel fez escalas […]

Continuar..

A União de Sindicatos da Guarda está preocupada com o aumento do desemprego e denuncia que o Layoff simplificado ainda não chegou às micro e pequenas empresas

A CGTP manifestou-se esta semana em frente ao Centro Distrital da Segurança Social da Guarda para lembrar que grande parte dos trabalhadores pertence às micro e pequenas empresas e que o instrumento do layoff simplificado está a beneficiar principalmente as grandes e médias empresas, como refere o dirigente sindical José Pedro Branquinho. Outras das preocupações […]

Continuar..

União de Sindicatos da Guarda fala em abusos do Lay-Off e teme que a taxa de desemprego na região possa triplicar com o efeito da pandemia

A CGTP anunciou, em conferência de imprensa, que é urgente defender os salários e os empregos dos trabalhadores. O sindicalista, José Pedro Branquinho justificou que, no distrito da Guarda, há entre 4 a 6 mil pessoas que perderam o salário e antevê que a taxa de desemprego possa triplicar como efeito da pandemia Covid-19, acrescentando […]

Continuar..

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses exige que sejam vinculados todos os enfermeiros precários que prestam serviço na ULS da Guarda

O dirigente sindical Honorato Robalo, diz que esta situação já é antiga e não surgiu durante a pandemia da COVID-19. Honorato Robalo diz que as reivindicações já não são novas, entre elas esta também a progressão nas carreiras para todos os enfermeiros, independentemente do vínculo contratual. Outras das reivindicações prende-se com o regresso à uniformização […]

Continuar..

Os trabalhadores dos CTT cumprem amanhã, um dia de greve pela manutenção monetária do subsídio de alimentação

Os trabalhadores dos CTT cumprem, amanhã, um dia de greve. Em causa, de acordo com o Sindicato, está o facto da entidade patronal querer substituir o subsídio de alimentação por um cartão de refeição.  Zulmiro Almeida, do Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações, refere que esta medida é unilateral e prepotente. Zulmiro Almeida […]

Continuar..

A União de Sindicatos da Guarda assinala amanhã às 11 horas o dia do trabalhador, com uma ação simbólica junto à entrada do Parque da Saúde

Em tempos de contingência, os sindicalistas vão celebrar o 1º de maio de acordo com as normas estipuladas. José Pedro Branquinho, coordenador da União de Sindicatos da Guarda diz que a ação prevista contará apenas com 15 pessoas em consonância com a PSP e a autarquia da Guarda. Em Seia também está prevista uma ação […]

Continuar..

A União de Sindicatos da Guarda já manifestou o descontentamento junto do Ministério da Saúde por não terem sido atribuídas vagas de assistentes técnicos e operacionais à ULS da Guarda

A União de Sindicatos da Guarda, já manifestou o descontentamento junto do Ministério da Saúde e ARS do Centro pelo facto de não terem sido atribuídos, qualquer assistente técnico e operacional à ULS da Guarda, dos quase 1500 profissionais que o governo anunciou para reforçar o setor da saúde. Da medida anunciada por Marta Temido, […]

Continuar..

A União dos Sindicatos da Guarda comemora amanhã, na Guarda e em Seia, o 1º de Maio, Dia do Trabalhador

Para a Guarda está marcada uma prova de Atletismo, no Estádio Municipal e, em Seia, realiza-se a Grande Marcha em defesa dos direitos dos trabalhadores, seguindo-se numa tarde convívio com música portuguesa, como revelou José Pedro Branquinho da União de Sindicatos do Distrito. O dirigente sindical diz que ainda há muito para fazer na defesa […]

Continuar..

Trabalhadores da DURA juntaram-se à “Marcha pela Liberdade e Emprego com Direitos”, promovida pela União dos Sindicatos da Guarda

Alguns trabalhadores da empresa Dura, de Vila Cortez do Mondego, juntaram-se à Marcha pela Liberdade e Emprego com Direitos, promovida pela União dos Sindicatos da Guarda. A concentração foi no largo da igreja da misericórdia e a marcha terminou em frente aos paços do concelho. Paulo Ferreira, funcionário da DURA e dirigente sindical referiu que […]