O líder da concelhia do PS da Guarda considera que foi dado mais um passo importante para a requalificação do Pavilhão 5 do hospital da Guarda, mas em jeito de aviso diz que o projeto tem que ser estruturante e não aceita uma mera obra de carpintaria. Na semana passada a Ministra da Saúde, remeteu o processo para a ARS do Centro, para estudo e análise, referindo Marta Temido, que este, carecia estabilização. Para o líder da concelhia do PS, Agostinho Gonçalves, o projeto tem que ser aprovado, tal e qual como foi apresentado pelo Conselho de Administração da ULS da Guarda.

Em jeito de aviso o líder dos socialistas do concelho da Guarda, diz que o projeto a executar no Pavilhão 5, tem que ser inovador e a pensar no futuro. Agostinho Gonçalves diz que o projeto a executar de requalificação do pavilhão 5, não pode ser uma mera obra de carpintaria ou de cosmética.

O dirigente socialista refere que a concelhia do PS, continua a trabalhar politicamente, para que o projeto de requalificação do “Pavilhão 5” do Sousa Martins possa ser concretizado.

O presidente da Concelhia do PS acrescentou ainda, que só se pronunciou sobre este assunto depois do ato eleitoral de ontem, até porque abordar esta questão em véspera de eleições, podia ser visto, como mero oportunismo politico. (ouvir aqui)

 

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close