A Olano Portugal, com sede na Guarda, constitui-se como Entreposto Aduaneiro nas instalações da Plataforma Logística do Porto de Leixões

É um estatuto que a empresa já detinha na Guarda e que recentemente foi também conseguido para as instalações no Porto. Este era um objetivo da Olano Portugal, o que vai permitir uma maior flexibilidade aos clientes, como referiu o Diretor Geral à Rádio F, João Logrado. Esta é uma premissa que a lei confere, e que na prática, permite ter quase um “Porto Seco” a funcionar. João Logrado admite que com este estatuto, a Olano Portugal, com sede na Guarda, poderá expandir mais o volume de negócios da empresa.