O presidente da Câmara da Guarda confirmou o IMT nas antigas oficinas da JAE e o CDOS no edifício da Associação Comercial da Guarda

O presidente da Câmara da Guarda confirmou, no final da reunião do executivo desta semana, que o IMT vai ocupar as antigas oficinas da Junta autónoma de Estradas, na Avenida Francisco Sá Carneiro, e que a Associação Comercial da Guarda vai receber o CDOS – Centro Distrital de Operações e Socorro. Já as actuais instalações vão ser recuperadas para voltarem a ser uma residência para estudantes.

Recordo que no Radiograma da semana passada, o comentador da F, Pedro Nobre, já tinha avançado com estas novidades.

Ontem, no final da reunião do executivo, Carlos Chaves Monteiro confirmou estas alterações, até porque o edifício onde está actualmente o IMT vai ser a casa da Unidade de Emergência de Protecção e Socorro da GNR. Todos estes espaços vão ser alvos de obras de requalificação ou readaptação do próprio espaço. No caso da antiga sede da Associação Comercial da Guarda as obras seriam sempre uma obrigatoriedade, tal como nas actuais instalações do CDOS, na Rua António Sérgio. O presidente do Município diz o investimento vai ser feito com os meios financeiros da Câmara.

Carlos Chaves Monteiro confirmou também que as actuais instalações do CDOS vão ser requalificadas para voltarem a ser residência para estudantes.

Já os serviços municipais que estão na Avenida Francisco Sá Carneiro vão ser transferidos para outro local que não foi adiantado pelo autarca. Carlos Chaves Monteiro espera ter todas estas obras concluídas dentro de um ano, altura em que será possível alocar o Comando da Unidade de Emergência de Protecção e Socorro da GNR na cidade.