Começam hoje as vacinações na Guarda, contra a Covid-19 nas Estruturas Residenciais Para Idosos (ERPI), mas apenas onde não existam surtos ativos

A informação foi avançada pelo presidente do Conselho de Administração da ULS da Guarda, João Barranca. João Barranca estima que vão ser vacinadas 6500 pessoas em todos os concelhos da área de abrangência da ULS da Guarda. O presidente do Conselho de Administração diz que todo este processo vai ter início na Guarda mas reforça que as estruturas onde hajam surtos activos passam para uma segunda fase.

João Barranca deixa entender que a situação epidemiológica no Hospital é preocupante, uma vez que as duas alas de internamento estão ocupadas e há 11 pessoas nos cuidados intensivos, pelo que há apenas uma cama vaga.

O presidente do Conselho de Administração da ULS da Guarda admite que houve um pico do surto na semana passada mas antevê mais um período de pressão no início do confinamento.