Sérgio Costa, candidato à concelhia do PSD da Guarda, diz que ainda não é o tempo de falar de candidatos às próximas autárquicas

Sérgio Costa, candidato à concelhia do PSD da Guarda diz que ainda não é o tempo de falar de candidatos às próximas autárquicas e defende que o processo eleitoral deve ser conduzido em articulação com a concelhia, distrital e órgãos nacionais do PSD. O candidato à concelhia do PSD da Guarda falava aos jornalistas, quando foi questionário sobre o processo de escolha do próximo candidato pelos Social-democratas à câmara da Guarda e referiu, que falar de nomes nesta altura é prestar um mau serviço à Guarda e ao PSD. Sérgio Costa diz que o próprio candidato à Distrital do PSD da Guarda, Carlos Codesso, referiu que no tempo certo os dossiês autárquicos serão trabalhados. O candidato à seção do PSD aproveitou ainda para saudar a candidatura de Carlos Condesso ao órgão Distrital dos Social democratas.

Questionado sobre a possível coabitação politica com Carlos Chaves Monteiro, Sérgio Costa diz que será perfeitamente normal e institucional, sempre em prol da Guarda e do PSD.