Prisão preventiva, para os presumíveis autores de um furto num estabelecimento comercial em Castanheira, no concelho da Guarda

Ficaram em prisão preventiva, os três indivíduos que foram detidos por suspeita de terem furtado dinheiro e vários objectos num estabelecimento comercial, em Castanheira, no concelho da Guarda, num valor total de 7 mil euros.

Recordo que após a denúncia de um furto, os militares da guarda montaram uma operação policial para interceptar os suspeitos, que arrombaram uma janela e entraram dentro de um estabelecimento comercial.

Além do dinheiro, os homens terão furtado um televisor LCD, uma máquina de “vending”, diversos maços de tabaco e vários bens alimentares.

Segundo a GNR, os suspeitos foram interceptados e detidos no Itinerário Complementar 2, na zona de Coimbra e foi possível apurar que o veículo em que se faziam transportar era proveniente de um roubo no concelho de Vila Nova de Gaia.

Os detidos, que já tinham antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, foram submetidos a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Vila Nova de Foz Côa e ficaram com a medida de coacção de prisão preventiva. Os objectos furtados foram recuperados e entregues ao proprietário.