[Pedro Nobre]: Autárquicas 2021 – PSD: «Sérgio Costa é mais conhecedor das pessoas no terreno do que Carlos Chaves Monteiro, que gere muito a autarquia a partir da Câmara», PS: «Esmeraldo Carvalhinho seria um candidato de peso»

A pouco mais de um ano das próximas eleições autárquicas, o comentador da Rádio F, Pedro Nobre entende que os candidatos à Câmara da Guarda pelo PS e PSD só vão ficar definidos depois de realizada uma sondagem pelas estruturas nacionais. Pedro Nobre refere que em condições normais Carlos Chaves Monteiro seria o candidato pelo PSD, mas neste caso particular da Guarda há outras nuances, que levam com que Sérgio Costa seja nesta altura, um forte putativo nome a ter em conta na corrida pelos Social Democratas à câmara da Guarda. Pedro Nobre diz que nesta corrida interna, Sérgio Costa leva vantagem sobre Carlos Chaves Monteiro, porque tem trabalho feito no terreno, ao contrário do atual presidente que faz mais uma gestão a partir dos Paços do Concelho. Pedro Nobre é da opinião que do lado do PSD a corrida interna está restringida a estes dois nomes, mas lembra que as estruturas nacionais do partido vão ter a ultima palavra e certamente, vão ter em conta os estudos de opinião que as mesmas vão realizar

Já do lado do PS, Pedro Nobre fala dos três nomes, que de uma forma ou outra tem surgido como putativos candidatos à autarquia Guarda pelos socialistas, nomeadamente, António Monteirinho, Adelaide Campos e Esmeraldo Carvalhinho. O comentador da Rádio F deixa entender que atual autarca de Manteigas é o nome com mais possibilidade para os socialistas reconquistarem a autarquia da Guarda.

Em suma, Pedro Nobre é da opinião que os candidatos à Câmara da Guarda pelo PS e PSD, só vão ficar definidos depois de realizadas sondagens pelas estruturas nacionais.