O presidente da Câmara da Guarda, diz que desde que assumiu o pelouro das obras, tem vindo a trabalhar para desbloquear projetos que se julgavam concluídos

Carlos Chaves Monteiro diz que começou a detetar atrasos graves em projetos que a autarquia lançou ou está a executar, como o caso do acesso da rotunda dos F´s à VICEG, bem como nos Passadiços do Mondego. Em jeito de recado ao Vereador Sérgio Costa, Carlos Chaves Monteiro diz que no caso dos passadiços do Mondego é preciso resolver os pareces negativos para a construção das infraestruturas de apoio. Outra das intervenções referidas por Carlos Chaves Monteiro é a requalificação da zona envolvente à Capela do Mileu, que foi necessário dar respostas a pareceres que entretanto chegaram negativos.

O autarca diz que agora o executivo está a trabalhar em equipa, Carlos Chaves Monteiro diz que o seu ex-vice presidente parecia ter um gabinete à parte do município da Guarda. O Presidente da Câmara da Guarda diz que este executivo está agora a trabalhar bem e com espírito coletivo e em prol do projeto político do PSD e fala em egocentrismos do passado.

Carlos Chaves Monteiro, que últimos nos últimos 7 meses assumiu o pelouro das obras na câmara da Guarda, diz que muitas intervenções já foram concretizadas, deixando novamente farpas ao seu ex-vice presidente.