Saúde para indicar um elemento, no caso o vogal, para o futuro Conselho de Administração da ULS da Guarda. Esta é uma prerrogativa da lei, em que as Comunidades Intermunicipais indicam um vogal para os Conselhos de Administração das Unidades Locais de Saúde. Ora, este pedido feito à CIM Beiras e Serra da Estrela por parte do Ministério da Saúde, parece indicar que pode estar por dias ou semanas a nomeação de um novo Conselho de Administração para a ULS da Guarda, e neste caso a Rádio F sabe, que isso só deverá acontecer depois da eleição para a Federação do Partido Socialista da Guarda. Contatado pela Rádio F, o Presidente da CIM Beiras e Serra da Estrela, sem querer prestar declarações gravadas, confirmou que o Ministério da Saúde já fez esse pedido à CIMBSE, Luís Tadeu acrescentou que o processo vai ser desencadeado já na próxima reunião do Conselho Intermunicipal, que decorre amanhã na Guarda. O também autarca de Gouveia, referiu no entanto, que o nome escolhido poderá ainda não sair desta reunião e ficar tudo adiado para o próximo mês. Questionado ainda sobre o nome, ou nomes que possam estar em cima da mesa, Luís Tadeu referiu que nesta altura desconhece qualquer putativo candidato a este lugar. Mas a Rádio F sabe e que há duas ou três fortes possibilidades em cima da mesa, uma delas é José Monteiro ex-autarca de Celorico da Beira pelo PS e que atualmente está neste lugar por indicação da CIMBSE há sensivelmente três anos. Mas na corrida poderá estar também Jacinto Dias, o Social-democrata que tem ocupado o lugar de Diretor da Segurança Social da Guarda nos últimos anos, um lugar que também deverá conhecer um novo inquilino nas próximas semanas.  Há ainda um terceiro nome em cima da mesa, que já terá manifestado o interesse em assumir este cargo na ULS da Guarda, a social-democrata Ana Manso poderá também estar também na corrida ao lugar de Vogal do futuro Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde da Guarda.

Recorde-se que neste órgão da CIMBSE têm assento os 15 autarcas desta comunidade e só podem exercer o direito de voto os Presidentes ou Vice-presidentes das respetivas autarquias. Neste processo há 3 anos atrás, os autarcas de Belmonte, Covilhã e Fundão não participaram neste escolha uma vez que aqueles concelhos não são abrangidos pela ULS da Guarda, no entanto, o mesmo poderá não suceder neste processo da escolha do Vogal que a CIMBSE vai indicar para o futuro Conselho de Administração da ULS da Guarda. Em termos de cor partidária esta Comunidade Intermunicipal tem 8 autarcas Socialistas e 7 Social-Democratas.

 

 

 

 

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close