A GNR encerrou um estabelecimento de restauração e bebidas que estava a funcionar com oito pessoas no seu interior, no concelho do Sabugal

No decorrer de uma acção de patrulhamento, os militares deslocaram-se ao local, onde verificaram que sete clientes estavam a consumir bebidas, violando as normas em vigor para a contenção da pandemia e para a redução do risco de contágio da COVID-19.

No seguimento da fiscalização, foram identificadas oito pessoas, tendo sido elaborados os respectivos autos de contra-ordenação, um por violação da suspensão de actividade de prestação de serviços em estabelecimento aberto ao público e sete por incumprimento ao dever geral de recolhimento domiciliário, como dá conta o tenente coronel Cura Marques, oficial de relações públicas do Comando Territorial da GNR da Guarda.

A GNR recorda que, de acordo com as medidas impostas pelo estado de emergência face à evolução da situação epidemiológica do país, encontra-se proibido o consumo de refeições ou de produtos no interior, na porta ou nas imediações dos estabelecimentos de restauração.