A GNR continua a desenvolver, até às 24 horas do dia 5 de Abril, a Operação COVID-19 ‘Recolhimento +’, que se traduz na intensificação de ações de patrulhamento e fiscalização

No âmbito das medidas restritivas está proibida a circulação entre concelhos, salvo deslocações para o trabalho, razões de saúde e outros motivos de carácter urgente, pelo que o recolhimento domiciliário e o dever de confinamento são obrigatórios, como sublinhou o tenente coronel Cura Marques, oficial de relações públicas do Comando Territorial da GNR da Guarda.

As zonas de maior patrulhamento e fiscalização são perto da fronteira com Espanha, em Vilar Formoso, na A23 e A25 e nas fronteiras entre concelhos.