A CIM das Beiras e Serra da Estrela vai promover 75 espetáculos culturais que vão percorrer nos 15 municípios da comunidade

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela vai promover, entre Junho e Outubro, o Festival Cultural Cultura em Rede’22 – Beiras, Raia Histórica e Serra da Estrela, que contempla a realização de 75 espectáculos que vão percorrer os 15 municípios da CIM.

As várias iniciativas foram apresentadas esta semana na sede da Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior, na Guarda.

O festival, que contempla um total de 15 projectos artísticos, inclui espectáculos de teatro, música, novo circo, dança contemporânea e performances multimédia e trata-se de um investimento de 900 mil euros, cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

O presidente da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, Luís Tadeu referiu que o festival tem uma importância muito significante em termos turísticos, por permitir que haja um reforço cultural do território. Luís Tadeu destaca também a articulação das associações locais neste festival, acrescentando ainda que o programa reforça a identidade dos vários concelhos da região.

Na apresentação do programa cultural, a directora regional de Cultura do Centro, Suzana Menezes, felicitou a CIM-BSE e os municípios envolvidos pela realização do projecto, por considerar que reflecte aquilo que de mais genuíno têm os territórios.

Já o presidente do Turismo do Centro de Portugal, Pedro Machado, que também esteve presente nesta apresentação, disse que com a realização do evento cultural, os municípios envolvidos dão um contributo importante” para a atractividade turística do território e para a captação de visitantes nacionais e espanhóis.

O primeiro espectáculo, denominado “Somos filhos do luar e da poesia”, terá lugar no dia 4 de Junho, pelas 21H30, em Manteigas.