A Câmara da Guarda vai esperar pelo novo Quadro Comunitário de Apoio, para encontrar verbas para requalificar o largo Frei Pedro e zona envolvente

A Câmara da Guarda vai ter de esperar pelo novo Quadro Comunitário de Apoio para encontrar verbas para requalificar o Largo Frei Pedro e zona envolvente. Já a Rua do Encontro e Tenente Valadim esperam pelo visto do Tribunal de Contas e, se tudo correr como está previsto, as obras podem começar ainda este ano.

O presidente da Câmara da Guarda, Carlos Chaves Monteiro, explicou que a obra de requalificação do Largo Frei Pedro carece do apoio de fundos comunitários e que, por essa razão, vai ficar para a reabertura do novo quadro comunitário. De qualquer forma o autarca referiu que a obra no largo da misericórdia já não vai ser feita.

Carlos Chaves Monteiro recordou que a obra prevista para o largo Frei Pedro engloba também a zona envolvente e que tem de ser feita com apoios comunitários.

O autarca diz que vai haver um novo Plano de Desenvolvimento Urbano no novo quadro comunitário com verbas para obras em centros urbanos e será nessa altura que o Município irá apresentar uma candidatura para as obras no Largo Frei Pedro. Já as obras na Rua do Encontro e na rua Tenente Valadim devem arrancar ainda antes do final deste ano.