A Câmara da Guarda atribuiu um valor financeiro, de cerca de 19 mil euros, à Associação de Desenvolvimento Regional “Territórios do Côa”

A Câmara da Guarda atribuiu um valor financeiro, de cerca de 19 mil euros, à Associação de Desenvolvimento Regional “Territórios do Côa”, no âmbito do projecto “A Viagem do Elefante” – Rota Turística e Literária da Beira Interior.

A proposta foi aprovada por unanimidade na reunião do executivo. O presidente da Câmara da Guarda, Carlos Chaves Monteiro justificou o investimento pela importância do projecto para o turismo da região.

O vereador do PSD mas sem pelouros, Sérgio Costa, aprovou a proposta mas ressalvou que este projecto, por ser também de âmbito cultural, deveria envolver os agrupamentos escolares do concelho da Guarda. Apesar da sugestão, o vereador Sérgio Costa votou a favor por considerar que este projecto é importante para a candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura, ressalvando no entanto, que já foi gasto quase um milhão de euros neste processo.

A Câmara da Guarda atribuiu um valor financeiro, de cerca de 19 mil euros, à Associação de Desenvolvimento Regional “Territórios do Côa”, no âmbito do projecto “A Viagem do Elefante” – Rota Turística e Literária da Beira Interior.