A Câmara da Guarda anunciou que não vai realizar as actividades de Natal e Ano Novo como o fez em anos anteriores

O Município vai investir na iluminação adequada á época e criar incentivos para que as pessoas façam as compras no comércio tradicional. Já a passagem de Ano vai ter apenas o espectáculo do fogo de artifício. O presidente da autarquia, Carlos Chaves Monteiro referiu que devido à pandemia, a Câmara viu-se obrigada a refazer a programação que estava agendada para esta altura do ano. A tradição do madeiro, na véspera de Natal, também foi cancelada, uma vez que gerava aglomerados populacionais.

O assunto foi abordado na reunião do executivo desta semana. A vereadora do PS, Ana Cristina Correia está de acordo com esta decisão da maioria.