Sérgio Costa refuta por completo, a ideia de que só agora é que tem apresentado propostas para o desenvolvimento da Guarda, o candidato independente à câmara da Guarda diz que sempre as fez internamente, quando tinha funções executivas

Sérgio Costa diz que é coerente com as propostas desde que é vereador na câmara da Guarda, agora e sem amarras, diz o candidato, tem vindo a torná-las públicas. Quanto ao tempo que levou a afirmar-se como candidato à câmara da Guarda, Sérgio Costa diz que este passo tomado, foi após uma longa reflexão e foi fruto de vários contatos com centenas de pessoas. O candidato está convicto que vai ser o próximo presidente da câmara, rejeitando terminantemente que entrou tarde nesta corrida eleitoral. Sérgio Costa entente nesta altura o mais importante é discutir projetos e ideias para a Guarda, do que propriamente conhecer os nomes que vão integrar as diversas listas. O candidato diz que irá ter listas afetas à sua candidatura em várias freguesias rurais do concelho. Sérgio Costa diz que para além de encabeçar uma lista à câmara da Guarda, também apresentará uma lista à Assembleia Municipal e à freguesia urbana da Guarda.