Os trabalhadores da Transdev, que operavam os transportes urbanos da Guarda pedem a transição para a Viúva Monteiro e juntamente com o sindicato, foram recebidos esta manhã pelo Presidente da câmara da Guarda que lhes garantiu que o problema está a ser equacionado junto da nova operadora

O sindicalista Hélder Borges à saída do encontro com o autarca da Guarda disse aos jornalistas que lhe foi dada a garantia de que até ao final do dia haverá uma resposta para este problema. O sindicalista diz que o presidente da câmara da Guarda assumiu a responsabilidade de mediar esta transição dos trabalhadores entre a Trasndev e a Viúva Monteiro. Hélder Borges diz que a legislação obriga a integração de todos os trabalhadores na nova operadora, mas o sindicalista referiu que o presidente da câmara, não se comprometeu com esta exigência. Em causa estão oito postos de trabalho, funcionários que operavam pela Transdev há mais 20 anos, Hélder Borges teme que a empresa também esteja a tentar ver-se livre dos trabalhadores.