O vereador Sérgio Costa questionou o presidente da autarquia da Guarda sobre os planos de intervenção em escolas com fibrocimento, Carlos Chaves Monteiro diz que todas as que têm amianto são para ser intervencionadas

A questão surgiu pelo vereador Social Democrata na reunião do executivo, depois de ter tido conhecimento pelas redes sociais da assinatura de um protocolo que prevê a retirada do amianto na escola de São Miguel. Sérgio Costa quis saber que está também prevista alguma intervenção na escola básica do Mileu. Sérgio Costa questionou ainda sobre ponto da situação do projeto da requalificação da escola de São Miguel, bem como o andamento das obras na Secundária da Sé e da 2ª fase.

Sobre a secundaria da Sé, o Presidente da câmara nada referiu no briefing com os jornalistas. Quanto à escola de São Miguel, Carlos Chaves Monteiro deixa entender que esta pode vir a ser transformada num centro escolar, agregando todas as escolas daquela zona da cidade. Mas até lá, o autarca da Guarda deixa uma garantia, todos os equipamentos escolares em funcionamento e que tenham coberturas em fibrocimento, são para ser intervencionados. Para já o protocolo assinado diz o presidente da câmara da Guarda, aponta para a intervenção na Escola de São Miguel.