O Sindicato do Comércio e Serviços está contra a abertura das grandes superfícies nos próximos dois fins de semana, após as 13 horas

Os sindicalistas chegam a fazer o apelo aos consumidores para não se deslocarem aos supermercados durante o espaço temporal do recolhimento obrigatório.

O sindicalista, José Geraldes diz que o aglomerado de pessoas nas grandes superfícies pode levar a um maior número de contágio da Covid-19 e reforça que não faz sentido os supermercados estarem abertos ao público depois das 13 horas.

José Geraldes acrescenta que os consumidores podem fazer as compras necessárias durante o período da manhã.

O sindicalista diz que os trabalhadores também têm de ser defendidos porque também têm família.