O presidente da Câmara da Guarda disse, esta semana no IPG, que para que o futuro Porto Seco tenha sucesso são necessários mais investimentos por parte do poder central

O presidente da Câmara da Guarda disse, esta semana, no IPG, durante a cerimónia de apresentação de uma pós-graduação, que para que o futuro Porto Seco tenha sucesso são necessários mais investimentos por parte do poder central. Sérgio Costa discursava para uma plateia onde estavam as ministras Ana Abrunhosa e Ana Mendes Godinho. O autarca exigiu e reivindicou a requalificação do Terminal Ferroviário da Guarda e um novo acesso rodoviário à PLIE, através da A23.

Na resposta, a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa aconselhou Sérgio Costa a candidatar as obras de ampliação e de acesso rodoviário à PLIE aos fundos comunitários.

Já Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade Social e Segurança Social, mostrou-se entusiasmada com o andamento do projecto do Porto Seco. A governante chegou mesmo a dizer que a Guarda não pode perder mais tempo e que há uma total sintonia com o Governo em torno de um objectivo comum.