O Grupo Desportivo de Sameiro perdeu, 6-0, frente à União Desportiva Cariense, num jogo a contar para a 4ª jornada do Campeonato Nacional de Futsal

A equipa de Caria, orientada por Vítor Espinhaço, construiu o resultado na primeira parte, assumiu cedo o controlo da partida e obrigou a formação do concelho de Manteigas a cometer vários erros, chegando a um resultado expressivo de 6-0, ainda na primeira parte.

A abrir o segundo tempo, a tarefa ficou ainda mais difícil para o conjunto do concelho de Manteigas que ficou privada de Pedro Cristóvão, expulso por acumulação de amarelos. A União Desportiva Cariense não aproveitou a superioridade numérica e acabou por esgotar os dois minutos, com cinco oportunidades flagrantes para ampliar o marcador.

No final do encontro, o treinador do Sameiro, Ângelo Cunha reconheceu que a sua equipa esteve aquém do seu valor, face também à limitação do plantel. O Grupo Desportivo do Sameiro iniciou o campeonato com uma vitória mas somou agora a segunda derrota consecutiva.

Do lado do Cariense, que é orientado pelo guardense Vítor Espinhaço e que conta com alguns jogadores da cidade mais alta, o campeonato está a correr conforme era esperado nesta fase inicial. O técnico diz que o grupo tem correspondido.