O Clube de Ciclismo da Guarda comparticipou a compra de uma cadeira de rodas, para um ex-atleta da modalidade que ficou paraplégico devido a uma queda de bicicleta

 O infortúnio bateu à porta de Mário Ferreira, após uma queda enquanto praticava a modalidade, o que o deixou confinado a uma cadeira de rodas. Pedro Nobre, Presidente da mesa da coletividade refere que o Clube de Ciclismo da Guarda decidiu ajudar o ex praticante de BTT, ao comparticipar a compra de uma cadeira de rodas. Este equipamento específico vai permitir melhorar a qualidade de vida ao malogrado ex-praticante de BTT. O Clube de Ciclismo da Guarda comparticipou com 550 euros a aquisição desta cadeira de rodas.