Manuel Fonseca foi reeleito presidente da câmara de Fornos de Algodres pelo PS e agora, com um município reequilibrado financeiramente, espera um mandato com um forte desenvolvimento para o concelho

O autarca em entrevista à Rádio F diz que os últimos anos, o foco da sua gestão tem-se pautado pelo reajustamento financeiro, já que há oito anos atrás encontrou uma autarquia com graves dificuldades financeiras. Aposta para este mandato passa por novas competências na área da educação e na ação social e a dinamização do tecido empresarial do concelho. Manuel Fonseca aposta num forte desenvolvimento nos próximos quatro anos. No plano político, Manuel Fonseca espera estabilidade uma vez que manteve a maioria no executivo e viu reforçada a votação na Assembleia Municipal.

No âmbito CIM Beiras e Serra da Estrela o autarca de Fornos de Algodres considera que a comunidade vai ter um papel importante na gestão dos fundos europeus, através do novo quadro comunitário e do Plano de Recuperação e Resiliência. O autarca considera ainda que a CIM BSE tem que ter um papel mais interventivo na área da saúde para a região.

Manuel Fonseca desvalorizou ainda o sinais dados pelo autarca da Covilhã, que já disse publicamente que quer integrar os municípios da Cova da Beira na CIM da Beira Baixa.