Foi aprovada por unanimidade, uma moção apresentada pelo PS na última Assembleia Municipal da Guarda, para a criação de um voucher no sentido de atrair mais turistas para o concelho no pós pandemia

A ideia passa por atribuir um valor a cada turista que pernoitasse duas noites na Guarda, para ser utilizado no comércio e restauração local, referiu o deputado socialista Ricardo Antunes.

A bancada do PSD até viu interesse na medida, mas fez depender o sentido de voto, isto se fosse retirado o valor de 90 euros que foi considerado excessivo pela maioria, o que, entretanto veio acontecer. Assim, Pedro Nobre, líder dos Social de Democratas na Assembleia Municipal referiu que o grupo parlamentar do PSD iria votar favoravelmente.

A Moção do PS acabou por ser votada por unanimidade, mas sem valor definido para a atribuição do voucher. Já o Presidente da Câmara da Guarda, considera que é necessário apresentar medidas eficientes para potenciar o Turismo na região no pós-pandemia, daí, Carlos Chaves Monteiro ter lembrado aos deputados que a autarquia encomendou um estudo ao IPG, no sentido de desenvolver uma estratégia para o setor turístico do concelho.