Constantino Rei defende que a pousada da juventude da Guarda, podia servir de residência para alunos estrangeiros que frequentam o IPG

A intenção do Ministério da Educação, poder vir a criar uma rede de hotéis escola, poderá ser uma solução para a residência do polo de Seia, do Instituto Politécnico da Guarda. A afirmação é do Presidente, Constantino Rei que em declarações à Rádio F, reconheceu a necessidade da construção de uma residência de estudantes. Nesse sentido, Constantino Rei e o Presidente da Câmara de Seia decidiram convidar o Ministro da Educação para conhecer de perto o polo do IPG, uma vez que a autarquia de Seia não tem capacidade financeira para fazer uma residência de estudantes. Constantino Rei vê a ideia da criação de uma rede de hotéis escola, com bons olhos, uma vez que o projeto iria resolver dois problemas.

No caso da Guarda, o presidente do IPG, considera que a Pousada da Juventude que está encerrada poderia ser transformada numa residência de estudantes para alojar nomeadamente jovens estrangeiros.

residencia