Autarca da Guarda diz que o processo do Hotel Turismo está preso no Ministério das Finanças e na Direcção Geral do Tesouro

O presidente da Câmara, Carlos Chaves Monteiro explica que falta a homologação e que estas duas entidades têm de autorizar a cedência de posição contratual da empresa MRG para outro grupo empresarial.   Carlos Chaves Monteiro reforça que só depois de um parecer positivo por parte do Ministério das Finanças que as obras poderão começar. Até lá, o processo ficará parado.

O presidente da Câmara, Carlos Chaves Monteiro explicou que falta a homologação e que estas duas entidades têm de autorizar a cedência de posição contratual da empresa MRG para outro grupo empresarial.