Ainda não se sabe se os cemitérios vão estar abertos ao público no dia 1 de Novembro

No caso da Guarda, o presidente do Município diz que há alternativas que podem passar por só permitir entradas faseadas de pessoas que visitam os entes queridos, com medidas de segurança adaptadas, tal como tem acontecido no Mercado Municipal. Carlos Chaves Monteiro diz que ainda não recebeu qualquer notificação no caso do encerramento dos cemitérios mas ressalva que podem ser ajustadas algumas medidas. Carlos Chaves Monteiro adianta que se depender dos municípios, os cemitérios vão estar abertos no dia 1 de Novembro mas sempre com regras de segurança.