Este é um processo que já se arrasta há algum tempo, transitou do anterior mandato e por decisão judicial foi atribuído ao 2º classificado do concurso público realizado pela câmara da Guarda. O prazo para começar a operar era de seis meses após a adjudicação, algo que vai acontecer já no início do próximo mês, disse à Rádio F, Sérgio Costa, presidente da autarquia. Os preparativos estão a ser ultimados, como a sinalética e as viaturas. O sistema de bilhética vai manter-se da mesma forma, uma maneira para garantir uma transição sem sobressaltos, garantiu o Presidente da câmara da Guarda. Sérgio Costa disse que nos próximos meses e de forma gradual vão ser ajustados os horários, rotas e paragens, no sentido de irem ao encontro às necessidades dos utilizadores, com um natural aviso prévio.

A nova operadora dos Transportes Urbanos da Guarda começa a funcionar a partir de 1 de Dezembro. Para já não haverá grandes alterações, sendo que nos próximos meses vão ser ajustados os horários, rotas e paragens.

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close