A GNR vai intensificar a fiscalização a motociclos e ciclomotores nas estradas da região com mais tráfego

A GNR vai intensificar, até ao dia 13 deste mês, acções de sensibilização e de fiscalização rodoviária para prevenir comportamentos de risco durante a condução de motociclos e ciclomotores nas estradas com mais tráfego.

O major Marco Pina, oficial de relações públicas da GNR da Guarda adianta que a operação moto visa inverter a tendência de aumento da sinistralidade e contribuir para um ambiente rodoviário mais seguro. 

De acordo com dados da GNR, em 2018 e 2019, 1.123 pessoas morreram ou ficaram gravemente feridas em acidentes com veículos de duas rodas a motor.

 Por isso, durante a operação, os militares dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito vão fiscalizar o uso do capacete, manobras perigosas e a não utilização de equipamentos de protecção.

Os militares vão também realizar ações de sensibilização dirigidos aos condutores de motociclos e ciclomotores, aconselhando o uso do capacete, entre outros.