A ação levada a cabo pelos militares do Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente (SEPNA), da GNR, aconteceu no âmbito de inquérito por maus-tratos a animais de companhia, foram efetuadas diligências policiais e foi possível apurar que o homem era detentor de uma arma de fogo sem documentação. No decorrer da ação policial, os elementos de SEPNA efetuaram duas buscas domiciliárias, que culminaram na apreensão de uma arma de fogo e 12 munições, como relata o Capitão Rui Coelho da GNR da Guarda. Este homem acabou por ser detido e constituído arguido e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Celorico da Beira.

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close