A Câmara da Guarda vai assinar um protocolo no âmbito da investigação em Arte e Ciência com a “Associação Luzlinar”

 Trata-se de um projeto inclusivo e abrangente que envolve várias áreas e outros tantos parceiros que permitirá instalar na Guarda, um centro de investigação multidisciplinar, referiu o Presidente da Câmara, Carlos Chaves Monteiro. Este projeto é transversal a várias aéreas e vai permitir reforçar muitas das ações que a autarquia já desenvolve no terreno. Quem mostrou muitas dúvidas em relação a este protocolo com a Luzlinar foram os vereadores do PS. Manuel Simões diz que este projeto não é claro na estratégia a adotar nesta temática.

Este assunto fez parte da ordem de trabalhos da última reunião do executivo e foi aprovado por maioria e contou com abstenção dos vereadores do PS.