A câmara da Guarda lançou um “concurso público urgente” e adjudicou à TRN os transportes urbanos por 135 mil euros durante quatro meses, segundo o caderno de encargos a operadora começa já na próxima 2ª feira

O “concurso público urgente” foi lançado no dia 23 deste mês, e a data limite de propostas foi até ao dia 26 do corrente. O valor base foi de 140 mil euros e este era único critério de atribuição, tendo sido adjudicada à empresa “TRN – Rodoviária Internacional e Nacional, lda”, que apresentou uma proposta de 135 mil euros. O contrato prevê uma duração de quatro meses, isto se o novo contrato de concessão dos TUG não acontecer até essa data. Até ao momento não foi possível apurar o numero de empresas que concorreram,, até porque a adjudicação ainda não foi publicada no portal base.gov.pt.

Recorde-se ainda, que a autarquia promoveu um concurso público internacional este ano, que ditou esta mesma empresa, a TRN, como vencedora, mas o Tribunal Administrativo de Fiscal de Viseu encontrou irregularidades na constituição da mesma e condenou a autarquia a concessionar o serviço à segunda classificada “Encosta Tour”. Entretanto o presidente da câmara da Guarda já tinha anunciado na última reunião do executivo, a 26 deste mês, que autarquia ia recorrer da decisão.