Para assinalar o dia internacional da Mulher, a União dos Sindicatos da Guarda, está a levar a efeito durante o dia, ações em vários locais de trabalho, para alertar sobretudo as mulheres que sentem dificuldades para manter o posto de trabalho. O centro Comercial da Guarda La Vie, o Contact Center da EDP de Seia e a ULS da Guarda, são as instituições por onde o sindicato vai passar, para dar a conhecer os direitos e deveres que as mulheres têm, como explicou José Pedro Branquinho, Coordenador na Guarda da União dos Sindicatos à Rádio F.

Neste dia internacional da Mulher o sindicato quer chamar a atenção para os problemas que ainda afetam as mulheres, nomeadamente a nível salarial. Ainda há mulheres que são discriminadas ao final do mês quando recebem o vencimento.

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close