Prisão preventiva para um homem detido pela PSP da Guarda por roubo em flagrante delito e acusado de outros furtos na cidade

A PSP da Guarda, em colaboração com um bombeiro voluntário da cidade, deteve um homem, de 32 anos, em flagrante delito, pela prática de roubo por esticão de mala, a uma idosa, de 83 anos, perto da Central de Camionagem da cidade. Na sequência da detenção foi possível recuperar os objetos furtados. O detido foi presente ao Tribunal Judicial da Guarda para primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Em declarações exclusivas à Rádio F, o comandante da PSP da Guarda, Carlos Resende da Silva, explicou que o auxílio do bombeiro voluntário foi fundamental, uma vez que foi quem deu o alerta e perseguiu o suspeito que já se encontrava em fuga. Após o alerta, a PSP dirigiu-se ao local e acabou por deter o suspeito. A vítima ficou combalida mas não teve qualquer mazela física, como adianta o comandante da PSP da Guarda. O suspeito ainda tentou a fuga mas acabou por ser detido sem oferecer resistência. Carlos Resende da Silva refere ainda que o suspeito já estava a ser investigado pela PSP. O indivíduo, agora detido, é suspeito de sete crimes de roubo por esticão, ocorridos nos últimos sete meses. As vítimas eram sempre mulheres. A média de idades ronda os 78 anos.  O detido é também responsável por furtos em estaleiros de obras e residências.

Apesar destes casos, o comandante da PSP da Guarda, Carlos Resende da Silva sublinha que a cidade é segura.