O treinador do Desportivo de Trancoso quer estar na fase final do campeonato e lutar pelos primeiros lugares

O treinador do Desportivo de Trancoso, José Carvalho, espera recomeçar os treinos presenciais na próxima semana, se as medidas do Governo apontarem no sentido do futebol distrital poder continuar de forma regular.

Recorde-se que a Campeonato teve a última jornada no dia 20 de Dezembro e já começam a faltar datas para a conclusão do mesmo até ao dia 30 de Junho.

A Rádio F entrevistou o treinador que lidera a Série A da prova distrital. O técnico não esconde que tanto sem competição e treinos é complicado mas refere que os jogadores têm tentado manter a forma física com a prática de actividades durante a semana.

O técnico prevê que haja um levantamento das medidas do estado de emergência e que os treinos possam começar ainda este mês. José Carvalho lembra que o Desportivo de Trancoso já fez o encontro da 5ª jornada e que, por essa razão, terá mais uma semana de preparação.

Uma das possibilidades para concluir o campeonato antes do dia 30 de Junho pode passar por fazer jogos também a meio da semana. José Carvalho não esconde que essa hipótese pode trazer alguns constrangimentos devido aos horários de trabalho doa atletas, mas aceita, se for essa a decisão da Associação de Futebol da Guarda.

Quanto à fase final já não será disputada como estava inicialmente previsto com os 4 primeiros de cada série a jogarem todos contra todos. José Carvalho pensa que a decisão pode passar por fazer eliminatórias.

O treinador não esconde que preferia jogar a fase final com o formato que estava previsto, até porque um dia mau pode deitar por terra o trabalho de uma época. Fazer eliminatórias com duas mãos será um mal menor. O problema é a falta de tempo.

Com 4 jornadas já cumpridas, o Desportivo de Trancoso lidera a série com 9 pontos. José Carvalho quer estar na fase final e lutar pelos primeiros lugares.

O treinador do Desportivo de Trancoso, José Carvalho, espera recomeçar os treinos presenciais na próxima semana, se as medidas do Governo apontarem no sentido do futebol distrital poder continuar de forma regular. Numa entrevista à Rádio F, o técnico, que lidera a Série A, assumiu que, independentemente do formato, o objectivo é estar na fase final do campeonato distrital.