O presidente da Câmara da Guarda acredita que os passadiços do Mondego vão dinamizar as freguesias rurais que ficam nas proximidades deste projecto turístico

O presidente da Câmara da Guarda acredita que os passadiços do Mondego vão dinamizar as freguesias rurais que ficam nas proximidades deste projecto turístico, que deverá ser inaugurado em meados ou no final do mês de Agosto.

Carlos Chaves Monteiro disse, na reunião do executivo, que já andou pelo vale do Mondego e que tem conhecimento de pessoas que pretendem investir no turismo rural.

Se a iniciativa privada não avançar, Carlos Chaves Monteiro garantiu que será a Câmara a dar o primeiro passo mas o autarca reforçou que há muitas pessoas a dinamizarem as propriedades  e imóveis rurais para darem resposta às necessidades de quem visitar os passadiços do Mondego.