O Município de Figueira de Castelo Rodrigo suspendeu feiras e mercados e o atendimento presencial só em casos urgentes e sujeito a marcação, devido a casos de infeção por Covid-19

No relatório publicado na página oficial do facebook, a autarquia revela que há 15 infectados, dois dos quais estão internados.

A decisão foi tomada após uma reunião extraordinária da Comissão Municipal da Protecção Civil, realizada no Domingo, onde foi avaliada a situação epidemiológica no concelho.

A autarquia de Figueira de Castelo Rodrigo, presidida por Paulo Langrouva, publicou um comunicado na sua página oficial da rede social Facebook, através do qual informa que a suspensão das feiras e mercados mantém-se até decisão em contrário, ficando dependente da evolução da situação.

O Município esclarece ainda que foi realizado um levantamento exaustivo das possíveis cadeias de transmissão, estando em permanente acompanhamento a evolução das mesmas.

O presidente da autarquia, Paulo Langrouva, disse à agência Lusa que no concelho estão confirmados 15 casos de pessoas infectadas por covid-19 e dois doentes estão internados.

O autarca adiantou que “o problema está circunscrito” às Freguesias de Vermiosa e Reigada.

Na localidade de Vermiosa foram encerrados cafés e comércios e, segundo o autarca, equaciona-se a possibilidade de a escola local não reabrir as portas esta semana.