Maria do Carmo Borges e Abílio Curto marcaram presença na apresentação do candidato António Monteirinho à concelhia do PS da Guarda, um sinal de união no partido, diz o comentador da Rádio F, Agostinho Gonçalves

O socialista entende que é importante ter estes dois ex-autarcas da Câmara da Guarda como apoiantes, dois históricos que mostram um sinal de união no Partido Socialista da Guarda. Agostinho Gonçalves refere que a candidatura de António Monteirinho é de união e pretende ser agregadora do Partido Socialista no concelho da Guarda. O comentador do Ponto por Ponto da Rádio F, Agostinho Gonçalves, disse que a presença de Maria do Carmo Borges e Abílio Curto na apresentação do candidato António Monteirinho à concelhia do PS da Guarda  é um sinal de união do PS. (ouvir aqui)