Esta semana no IPG, falou-se da importância do “Porto Seco” na Guarda, um projeto que deverá ser uma realidade brevemente

Numa conferência sobre logística e transporte de mercadorias que decorreu esta semana no Instituto Politécnico da Guarda, onde juntou empresários, académicos e vários governantes, entre eles o Secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, que na sessão de abertura destacou a vital importância deste setor para a economia do país e do papel geoestratégico da Guarda na área da logística. Jorge Delgado diz que o governo vai criar condições legislativas para a criação do Porto Seco e saudou a aposta neste setor por parte dos empresários, numa região onde as infraestruturas rodoferroviárias tornam a Guarda um local assertivo.

Quem também esteve presente também foi o Presidente da Associação dos Transitários de Portugal, Paulo Paiva, que destacou a importância de uma gestão de topo e líderes com visão estratégica.

Já o Presidente do IPG, Joaquim Brigas, referiu que o Politécnico da Guarda vai apostar na formação de quadros desta área, com a abertura de novas formações. O presidente do Politécnico da Guarda, não tem duvidas, se houver vontade política, estão criadas todas as condições para que o Porto Seco na Guarda seja uma realidade.