A Câmara da Guarda aprovou uma verba de 35 mil euros para a conclusão das obras da sede do NDS nos Galegos

O assunto foi levado à última reunião e o Presidente da Câmara da Guarda, Carlos Chaves Monteiro refere que este apoio é essencial para recuperar este edifício e manter válido o investimento entrando já feito. Carlos Chaves Monteiro lembra que numa primeira fase, a autarquia da Guarda já tinha financiado este projeto com 25 mil euros.  O Presidente da Câmara da Guarda diz que o edifício vai servir de sede para o NDS, mas vai contar com uma resposta social destinada principalmente à população dos Galegos. O autarca espera que com a verba agora aprovada, obra possa estar concluída depois do final do verão. (ouvir aqui)