A ULS da Guarda apresentou o projeto de “Hospitalização Domiciliária” aos responsáveis das Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI)

 Esta unidade faz parte do serviço de Medicina Interna do Hospital da Guarda e foi apresentada publicamente no passado mês de Abril. Agora, foi a altura de dar a conhecer o projeto aos lares da região, que recorde-se, tem como objetivo, prestar cuidados hospitalares no conforto do lar, como referiu o médico João Correia diretor do serviço de Medicina Interna. O médico explica que os cuidados médicos prestados serão os mesmos como se estivessem internados no hospital, tal como já acontece, com alguns doentes que estão já a ser acompanhados por esta unidade nos seus domicílios. Para já foram abertas cinco camas, mas com o projeto alargado aos lares, o número de vagas vai ser reavaliado.