A PSP da Guarda deteve 7 homens e 5 mulheres, com idades entre os 17 e os 51 anos, por serem suspeitos de tráfico de estupefacientes

O Comando Distrital da PSP da Guarda deteve 7 homens e 5 mulheres, com idades entre os 17 e os 51 anos, por serem suspeitos de tráfico de estupefacientes.

Após uma operação policial em grande escala na cidade e nas localidades de Alvendre e Famalicão da Serra, foi dado cumprimento a 12 mandados de detenção fora de flagrante delito, e foram realizadas 18 buscas domiciliárias, tendo sido apreendidas 6 doses de ecstasy, 4 doses de heroína, 2 doses de haxixe, 18,55 gramas de liamba, 0,62 gramas de morfina, 640 euros em numerário, duas balanças digitais e diversos objectos e material relacionados com o tráfico de estupefacientes. Foram ainda apreendidas uma espingarda, uma carabina, uma arma de alarme e munições.

O comandante da PSP da Guarda, Carlos Resende da Silva reconhece que não foram apreendidas grandes quantidades de droga, o que o leva a concluir que o tráfico de estupefacientes na cidade tem pouca dimensão. Carlos Resende da Silva acrescentou que os detidos apenas vendiam directamente ao consumidor e que não tinham grandes quantidades de droga armazenada.

As buscas realizadas centraram-se na Guarda, com maior incidência no bairro das Lameirinhas e nas freguesias de Famalicão da Serra e Alvendre.

Dos 12 detidos, seis já tinham antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, como adianta o comandante da PSP da Guarda. Carlos Resende da Silva reforça que os detidos não ofereceram qualquer tipo de resistência quando foram abordados pelas forças de segurança.

Esta operação contou com a participação da PSP da Guarda, Gouveia, Castelo Branco e Viseu, a Unidade Especial de Polícia com o Grupo Operacional Cinotécnico e a GNR da Guarda.