A Câmara da Guarda pondera organizar a Feira Farta, ainda este ano, mas com um formato diferente do habitual

Recorde-se que o certame traz as freguesias à cidade, o que permite aos produtores do concelho, venderem vários produtos da região.

O presidente do Município, Carlos Chaves Monteiro explica que a ideia pode passar por realizar um mercado de rua mas sempre com algumas regras de segurança e nunca com todas as freguesias no mesmo dia.

Carlos Chaves Monteiro assegura que a Câmara já questionou as freguesias acerca da realização deste novo formato da Feira Farta e reitera que o certame pode decorrer em três dias.

Quanto ao local onde se pode realizar a Feira Farta as sugestões são o Jardim José de Lemos, a Alameda de Santo André ou até na Avenida Rainha D.ª Amélia.