Segundo o autarca da freguesia dos Trinta e Corujeira, o projeto dos Passadiços do Mondego é estruturante para aquelas localidades

O presidente da freguesia de Corujeira e Trinta considera que o projecto dos passadiços do Mondego vai dinamizar as aldeias da região, ao nível do turismo e da economia local. Contudo, Carlos Fonseca diz é necessário ter atenção algumas questões relacionadas com a natureza e a preservação do ambiente.