Quercus promoveu ação de protesto e sensibilização por causa da poluição dos rios Diz e Noéme

No passado Sábado o Núcleo Regional da Guarda da Quercus promoveu uma ação de protesto e sensibilização por causa da poluição dos, rios Noéme e Diz. A associação ambientalista  afirma que o rio esta transformado num esgoto a céu aberto e sem vida devido a descargas industriais e de duas ETAR´s.

Bruno Almeida representante do Núcleo regional da guarda da Quercus em declarações à Radio F disse que o principal objetivo desta ação é alertar para a poluição no rio Noéme e no rio Diz. A Quercus refere que a realização desta ação nesta altura nada tem a ver com o período eleitoral, apenas se realizou agora por questões financeiras, Bruno Almeida acrescentou ainda que está à espera de uma data em concreto para a resolução despe problema O Núcleo regional da guarda da Quercus sugeriu que todas as entidades envolvidas nesta polémica se juntem à mesma mesa, com o objetivo de encontrar uma solução para a poluição do rio Noéme e rio Diz.