entregue ao Conselho de Administração da ULS da Guarda, numa cerimónia onde esteve presente a Ministra da Saúde, Marta Temido. Agora a placa e o certificado foram entregues formalmente à USF “A Ribeirinha” a coordenadora desta unidade de cuidados de saúde primários, Maria de Jesus Clara fala de um reconhecimento público do serviço que é prestado aos utentes. Segundo a coordenadora da USF “A Ribeirinha”, esta certificação é um incentivo para os profissionais de saúde desta unidade.

Esta certificação de “modelo A” é a base da pirâmide na qualidade na saúde, no horizonte poderá estar uma proposta para certificação para “modelo B” o que permitiria mais autonomia, mas Maria de Jesus Clara diz que essa vontade tem que partir de toda a equipa da USF “A Ribeirinha”. A coordenadora da USF “A Ribeirinha” explicou ainda que as unidades de saúde familiares “modelo A” (o caso desta), têm uma maior autonomia funcional, uma certificação “modelo B”, poderia trazer mais incentivos financeiros.

A Unidade de Saúde Familiar “A Ribeirinha” presta cuidados de saúde a 14 200 mil utentes, oriundos de todo o concelho da Guarda, o quadro clínico está completo com 8 médicos, ainda assim Maria de Jesus Clara gostava de ter mais clínicos de medicina geral e familiar nesta unidade de cuidados de saúde primários. A USF “A Ribeirinha”, na Guarda já recebeu a Certificação da Qualidade na Saúde. Esta unidade de cuidados de saúde primários está integrada na ULS da Guarda. (ouvir aqui)

 

 

O website da Rádio F utiliza cookies para melhorar e personalizar a sua experiência de navegação. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close